SEM FRONTEIRAS

Na JOCUM Curitiba Sem Fronteiras, somos apaixonados pelo treinamento e como ela afeta os indivíduos e as comunidades mais amplas em que vivemos. As pessoas podem ser equipados aqui para ganhar habilidades valiosas e experiência antes de ir para o campo para implementar a sua formação.

Na JOCUM Curitiba Sem Fronteiras estamos focado em ajudar as pessoas a trabalhar a sua vocação no Reino de Deus. Você terá a oportunidade de servir a nossa comunidade em muitas áreas, utilizando as dons já existentes em você ou aprendendo outros novos!

JOCUM INTERNACIONAL

A Jocum tem como foco de trabalho:

  • Treinamento – Nossos programas de treinamento têm como objetivo equipar cristãos para melhor servir ao próximo nas mais diversas áreas, desde agricultura e saúde até reabilitação de dependentes químicos e ministérios transculturais.

  • Evangelismo – Acreditamos que evangelismo não é uma desculpa para serviço médico voluntário, ou para educação gratuita a comunidades carentes. Evangelismo é um estilo de vida, onde a pregação do evangelho precisa ser refletida em atos e palavras.

  • Misericórdia – Aquele que afirma crer, deve viver o que crê. Justiça e Transformação, também chamado de Ministérios de Misericórdia, corresponde a uma das três áreas de ministérios que ligam todas as atividades de Jovens com Uma Missão.

7 ÁREAS DE INFLUÊNCIA

Através das famílias, estamos discipulando a próxima geração, para o bem ou para o mal. Podemos ter lares cristãos seguindo padrões bíblicos.

Jesus ordenou aos seus discípulos que discipulassem as nações. Fazemos isso não estando dentro das igrejas, mas saindo pelo mundo. Igreja é onde nos alimentamos para que possamos levar o reino de Deus por toda a terra.

A próxima geração é influenciada diariamente em nossas escolas e universidades. Cristãos devem se envolver escrevendo currículos, ensinando, administrando e participando em associações de pais e mestres e como membros de conselhos escolares.

Qualquer território que abandonamos, satanás preenche. Isto é o que aconteceu com o mundo do entretenimento. O drama moderno nasceu como forma de evangelismo, peças de teatro medieval sobre moralidade ensinando escritura para um público que não sabia ler. Nós devemos recapturar cada forma de entretenimento para Jesus, buscando-o para dar-nos formas criativas de mostrar ao mundo o autor do drama, espetáculo, beleza, cor, vida, emoção e alegria.

Jornalistas são vistos como servidores de causa própria e manipuladores. Mas ainda assim, a mídia eletrônica e impressa são cruciais no modelar da sociedade. Precisamos de cristãos para trazer a verdade para esta esfera.

A bíblia é clara: O povo de Deus deve se envolver em política. Pense nos lideres da nação escolhida por Deus, tais como Davi, Salomão e os que governaram em países pagãos, como Daniel e José. Jovens que exercitam princípios piedosos e eventualmente se tornaram primeiro ministros. Se Deus levantou líderes piedosos no Egito antigo e na Babilônia, ele o pode fazer hoje. Mas se cristãos desejarem servir em governo, eles terão de enfrentar uma cova de leões moderna. Deus usará isto para purificá-los e edificar seu caráter, para produzir seu estilo de líderes: líderes servos.

Jesus sabia que era  difícil servir a Deus quando somos abençoados materialmente. Mas Deus quer que seu povo seja bem sucedido no mundo dos negócios e sejam missionários ali. O problema não é o dinheiro, mas se este é mais importante para nós do que Deus (veja Lucas 18: 18-25). Deus nos testará nisto, e poderá pedir para darmos tudo o que temos.

De igual modo, precisamos de cristãos chamados a ciência e tecnologia como seus campos missionários. Nunca antes uma sociedade pode fazer tantos milagres tecnológicos e mesmo assim estar tão incertas de suas amarras morais.